♥♥♥ αвєnçoαdα ρor Dєus є вonίтa ρor Naтurєzα!

Minha foto

Abençoada por Deus e bonita por natureza..!!!

7 de junho de 2009

A grande IRRITAÇÃO de ser mulher!

  • É tantas vezes querer conversar e não conseguir.
  • É ter a necessidade de colocar as cartas na mesa - por pior que seja o jogo - mas não encontrar um parceiro com a mesma vontade de jogar.
  • É PRECISAR entender tudo o que está errado entre duas pessoas. TUDO - com todas as letras - mesmo que as letras sejam tortas e chatas. Não importa. Tudo que é chato pode ser jogado fora, contanto que as pessoas entrem em contato com os próprios lixos e estejam dispostas a colocar do lado de fora. Ser mulher é querer reciclar.
  • Ser mulher é não achar graça em boiar pela vida. É saber que existe a profundidade e querer explorar. Porque aqui em cima é tudo tão pouco! Tão ralo! Tão sem sentido nenhum!
  • Ser mulher é procurar um homem, mas encontrar um monte de moleques que chamam as conversas entre duas pessoas de ”DDR” (Discussão de Relacionamento), sem a consciência de que auto-conhecimento é a única esperança para que o termo “relacionamento a dois” sobreviva no dicionário.
  • Ser mulher é entender que intimidade não significa apenas usar o mesmo banheiro. Inclusive porque isto você pode fazer com um total desconhecido no Shopping Center mais próximo.
  • Ser mulher é saber que existem homens maduros por aí, mesmo não conhecendo pessoalmente.
  • Desculpem, garotos! Desculpem aqueles que fogem às regras. Desculpem a todos aqueles que questionaram as regras milenares e saíram por aí procurando por si mesmos.
  • Infelizmente, a grande maioria dos homens não foi criada para ter contato com os próprios sentimentos, não foi avisada que tem direito de errar e foi treinada a achar que só as notícias do jornal têm importância.
  • Pena. Que pena! Não pena de mim que sou mulher, mas pena do mundo que responde por este monte de criaturas ensinadas a viver sem consciência. Como se a vida se resumisse a um dia ocupado no escritório com muitas “coisas mais importantes” para resolver.
  • Resolvam-se a si mesmos e vocês resolvem o resto do mundo. Tentem! É igual comentar a posse do Obama e a Faixa de Gaza. Juro! A única diferença é que vocês vão fazer relações lógicas entre as coisas que acontecem PERTO de vocês - ao invés de analisar os fatos do outro lado do mundo.
  • Beleza? Que tal? Eu garanto que a dor é suportável.
  • E as mulheres agradecem, tenho certeza. Pelo menos uma boa parte delas.

(autor:nick)

Nenhum comentário: