♥♥♥ αвєnçoαdα ρor Dєus є вonίтa ρor Naтurєzα!

Minha foto

Abençoada por Deus e bonita por natureza..!!!

17 de novembro de 2012

Distantes






Distantes, sem rumo, sem razão , somos nós.
procuramos, sentimos a falta, dependemos um do outro,
Sem razão , sem noção, perdemos a realidade
e deixamos pra trás a nossa realidade...
os nossos compromissos, as nossas responsabilidades,
Estamos ligados e queremos nos desligar ,
Mas é impossível esquecer, o fogo , a carne, o amor , talvez?
A sensação de liberdade , o nosso sentimento oculto...
Eu, tão dona de mim, você , tão cheio de si
Nós tão dependentes de nós...
Onde te procuro não te encontro
E onde você me busca eu não estou,
Mas tenho esperança que um dia

Nossos sonhos serão os mesmo
e nossos caminhos se cruzem...

Para sempre...

Autor: bellapisciana

Me ame...

Me ame,
me pegue,
me morda,
me vire do avesso,
me cure,
se misture ,
me misture
não se acanhe
só não me engane
caso contrário

o unico verbo que terás meu será o desprezo
Acredite sou muito boa na cama
mas sou melhor ainda sendo má fora dela.

AMORdaçado



Nosso caso não é tão complicado

Não é tão simples para esquecer

Podemos deixar acontecer

Me cansei de tentar disfarçar pro mundo não perceber

Nem mesmo sei como isso foi acontecer

Sei que não leva a sério as minhas palavras

Cansei de tentar te esquecer

E por mais que eu faça, você esta lá, em meu intimo

E agora, você nem me olha mais nos olhos

Pra você não é segredo que a amo

E por vezes tentei me iludir que não era verdade

Ando sem saber onde ir, o que fazer...

Se tento fugir dessa verdade me pego pensando em você

Você sempre está por perto

Não quero revirar esse sentimento

Nem quero invadir a sua vida

Mas você é a cura dessa ferida...

Sei que deve rir da minha cara

É que esse meu disfarce não engana mais ninguém

Você sabe quem te ama

Não quero ser seu futuro e muito menos seu passado

Mas agora procuro não te encarar

Pra não ficar repetindo as mesmas coisas...

Entre nós não há mistérios

Não podemos ser amigos

Nem podemos ser amantes...

Farei das lembranças meu porto seguro

E vou procurar uma saída

Pra não entrar na sua vida






autor: Cleudson Cavalcante

31 de agosto de 2012

As Cartas Que eu Não Mando - Leoni


Rio de Janeiro
Hoje é 23 do 3
Como vão as coisas
De mês em mês
Eu me sento pra escrever pra você
Eu reformei a casa
Você não soube disso
Nem das outras coisas
Sabe eu tive um filho
Faz tempo que eu me perdi de você
Guardo pra te dar
as cartas que eu não mando
Conto por contar
Eu deixo em algum canto (2x)
Eu vi alguns amigos
Tropeçando pela vida
Andei por tantas ruas
São estórias esquecidas
Que um dia eu quis contar pra você
Eu fico imaginando
Sua casa e seus amigos
Com quem você se deita
Quem te dá abrigo
Eu me lembro que eu já contei com você
Guardo pra te dar
as cartas que eu não mando
Conto por contar
Eu deixo em algum canto (2x)
E as pilhas de envelopes
Já não cabem nos armários
Vão tomando meu espaço
Fazem montes pela sala
E hoje são a minha cama
Minha mesa, meus lençóis
E eu me visto de saudades
Do que já não somos nós
Guardo pra te dar
as cartas que eu não mando
Conto por contar
Eu deixo em algum canto (4x)

Melhor Pra Mim - Leoni


Melhor Pra Mim

Leoni

Olhando as estrelas
Nada no espaço
Fica parado no lugar
A terra se move
Os carros na estrada
Eu dentro de um deles
Corro mais
Só prá te encontrar...
Olhando o relógio
O tempo não passa
Quando eu me afasto de você
Mas se de repente
Ele fica apressado
E as horas disparam
É só porque encontrei você...
E aí tudo muda
Olhando pro céu
E aí tudo muda
Penso em você e eu...
A ciência confirma os fatos
Que o coração descobriu
Nos seus braços
Sempre me esqueço
De tempo, espaço e no fim...
Tudo é relativo
Quando te fazer feliz
Me faz feliz
Se a história for
Sempre assim
Melhor prá mim...
Olhando as pessoas
Falando de espaço
Mantendo distância
Sem saber
Que antigas verdades
Viraram mentiras
E nada protege
De uma paixão
Vir acontecer...
E aí tudo muda
Olhando pro céu
E aí tudo muda
Penso em você e eu...
A ciência confirma os fatos
Que o coração descobriu
Nos seus braços
Sempre me esqueço
De tempo, espaço e no fim...
Tudo é relativo
Quando te fazer feliz
Me faz feliz
Se a história for
Sempre assim
Melhor prá mim...
E aí tudo muda
Olhando pro céu
E aí tudo muda
Penso em você e eu...
A ciência confirma os fatos
Que o coração descobriu
Nos seus braços
Sempre me esqueço
De tempo, espaço e no fim...
Tudo é relativo
Quando te fazer feliz
Me faz feliz
Se a história for
Sempre assim...
A ciência confirma os fatos
Que o coração descobriu
Nos seus braços
Sempre me esqueço
De tempo, espaço e no fim...
Tudo é relativo
Quando te fazer feliz
Me faz feliz
Se a história for
Sempre assim
Melhor prá mim
Melhor prá mim
Melhor prá mim
Melhor prá mim
Melhor prá mim...

22 de agosto de 2012

Quando os sonhos não se realizam, é hora de sonhar novamente

Não era pra ser assim: você aí e eu aqui. 
Antes amigos, agora quase estranhos que se conhecem bem. 
Aparentemente feliz, mas no fundo acho que nem tanto assim. 
Quem faz questão de afirmar a todo tempo que é feliz, tenta, na verdade, se convencer disso. Não era pra ser assim. 
O que foi dito parece não ter mais sentido e o que não foi pode não valer a pena. 
Mas você valia a pena, as penas, a fronha e o travesseiro inteiro. Fazia parte do meu sonho. 
Eu tenho saudade, mas só sinto a distância, 
Não era pra ser assim. 
Um dia agradeci por te conhecer, hoje se tivesse um único desejo a ser atendido ele seria bem claro: voltar no tempo e nunca ter deixado você entrar pra minha vida. 

Se eu soubesse que aquelas primeiras palavras, aquele "uai, já vai embora? que vida boa", iria mudar tanta coisa, optaria pelo silêncio. 
Se hoje só o que escuto de você é o silêncio, seria mais simples se eu tivesse me silenciado, não mudaria tanta coisa. 
Terminar o que não começou é difícil, no entanto, o fácil nunca me atraiu, amigo, ex-amigo, amor da minha vida, estranho, pré-inimigo, ou como preferir ser chamado (sei que não irá responder, então tanto faz). 
É, realmente, não era pra ser assim, mas já que é, me deixa sonhar e tentar mudar. No seu lugar eu faria diferente. Mas cada um é cada um. 
Princípios são eternos, para quem acredita em amar.


POR RULEANDSON DO CARMO 
"Meus amigos dizem que sou fria. Que tenho coração de gelo. De jeito nenhum! Sou apenas prática. A dor é inevitável, mas o sofrimento é opcional. Até porque nunca tive talento pra auto-flagelação. Fui mimada a vida inteira. Por isso gosto de ser bem tratada. Exijo. Comigo, é do meu jeito (my way or the highway). E se não tiver bom assim, querido, passe mais tarde! O produto é de boa qualidade e tem garantia. Não gostou? Devolve. Tem uma fila gigante lá fora só esperando a porta abrir."

por Brena Braz

7 de agosto de 2012

Saudade

Absurdamente tola. Bebendo como se naquele copo existisse algo capaz de apagar a saudade.

23 de julho de 2012

Desatinos Eduardo Baqueiro


Dizes que sou uma estrela,
Que ando distante!
Sim! Eu sei que sou!
Mas, como a luz das estrelas,
Minha luz chega até você...
Talvez ela não te aqueça o corpo
Mas, certamente, te ilumina o caminho!
Tem coisas de mim que desconheces...
Dizem que não sou de confiança,
Não me importo com isto!
Eu apenas sou calado
E o meu silêncio pode ser
interpretado de várias formas...
Não me importo com o que dizem
ou pensam de mim.
Eu apenas sou o que sou!
Não preciso provar nada a ninguém!
Se quiseres me amar, ama
Mas me ame como sou...
Não me queiras ter como desejas 
que eu seja,
assim eu não estarei livre...
e, preso, serei como um pássaro cativo,
esquecerei meu canto,
Deixarei de ser eu e não serei ninguém...
Se me amas, como dizes,
Me aceita como sou...
Não sou igual a ninguém,
Nem melhor, nem pior...
Apenas sou eu, nada mais!
E te amo!
Te amo do meu jeito,
Porque é impossível não te amar,
Porque aceito você do jeito que és,
Não importam teus medos,
Eles também são meus..
O que realmente importa é o amor
que nos une.
Somente isto faz sentido,
Nada mais.

9 de julho de 2012

Fato

Me perguntaram porque eu ando tão triste...

 Eu respondi que não é tristeza,

 É só infelicidade momentânea.

Eles se amam

Eles se amam. 
Todo mundo sabe mas ninguém acredita. 
Não conseguem ficar juntos. 
Simples. 
Complexo. 
Quase impossivel.
 Ele continua vivendo sua vidinha idealizada e ela continua idealizando sua vidinha. 
Alguns dizem que isso jamais daria certo. 
Outros dizem que foram feitos um para o outro. 
Eles preferem não dizer nada. 
Preferem meias palavras e milhares de coisas não ditas. 
Ela quer atitudes, ele quer ela. 
Todas as noites ela pensa nele, e todas as manhãs ele pensa nela.
 E assim vão vivendo até quando a vontade de estar com o outro for maior do que os outros. Enquanto o mundo vive lá fora, dentro de cada um tem um pedaço do outro.
 E mesmo sorrindo por ai, cada um sabe a falta que o outro faz.
 Nunca mais se viram, nunca mais se tocaram e nunca mais serão os mesmos. 
É fácil porque os dias passam rápidos demais, é dificil porque o sentimento fica, vai ficando e permanece dentro deles.
E todos os dias eles se perguntam o que fazer. 
E imaginam os abraços, as noites com dores nas costas esquecidas pelo primeiro sorriso do outro. 
E que no momento certo se reencontrem e que nada, nada seja por acaso.

 
_ Tati Bernardi

30 de maio de 2012

brindes

Pasta para notebook

21 de maio de 2012

Oi

Oi! Como está a vida?
 Eu estou bem, mas você eu não sei.
O fato é que não sei mais muito sobre você, mas ainda sei muito sobre mim.
Parece que tudo passou, não te vejo mais e a saudade, traduzida em um aperto aqui no coração, me lembra de tudo, de tudo que eu não te contei.
Eu pensei que havia sido claro, mas parece que não.
Metáforas não funcionam quando precisamos falar do invisível.
Metáforas são boas para se falar do óbvio, por isso acho que falhei!
Falhei porque não disse tudo com clareza, me perdi pelo medo do não-correspondido e declarei sem declarar o amor que eu já não esperava que você percebesse.
Presentes, poemas, músicas, não são suficientes, quando se precisa dizer na cara o que sentimos.
Hoje, confesso que pensei em você.
Lembrei de tudo, de tudo o que eu pelo menos vivi, senti saudade e pensei em como seria a vida, a vida que a gente não viveu.
Acho que você não notou ou se notou, não me tocou, talvez, não quis me magoar, apesar de ter me machucado da mesma forma.
 Nem a amizade ficou.
Tudo bem, assumo que sobrevivi, assim, mesmo que um pouquinho mais infeliz do que eu era antes.
É que até a tristeza era mais feliz ao seu lado.
Amores novos nos levam pedaços velhos que nunca mais encontraremos.
Isso é só uma parte, trechos de tudo que eu não te contei.
A vida é feita de escolhas e lamento, mas encaro que você não me escolheu.
O que posso fazer?
Seguir em frente...

E hoje, em que meu coração sente sua falta e meus dias se acostumaram sem você, quero apenas lhe desejar bom dia, uma Boa noite, ou melhor, uma boa vida! Sem mim, sem nós...

autor, Ruleandson do Carmo

18 de maio de 2012

BORÓGODÓ

Borógodó, o que é…?!
Que todo mundo fala…?!
Que todo mundo quer…?!
Mas só algumas pessoas é que tem!
Borógodó, não sei o que é,
Mas pode ser o ó!
Borógodó é um termo,
Uma onomatopéia, e como o ziriguidum,
O rufar no repique do carnaval!
Borógodó ela tem, mesmo sem saber!…
É madeira de dar em doido e que engorda
E faz crescer!
Borógodó tem Rainha, súditos, açucar, gelo
E limão!
É fetichista, naturista, esquerdista e saia de normalista!…
Borógodó, profano e onipresente!…
Coloquial, poético e exigente!
Não encontrei no Aurélio, mas o vi em pessoa
E fazer a diferença!
Borógodó é um dom, um dote e pode ser encontrado
Numa poção mágica, no esperma, entre os seios,
As ancas e as pernas!
Borógodó é um mistério para filósofos e cientistas
Se excitarem!
Borógodó, vai se saber o que é…?!
Pode ser homem, pode ser mulher…?!
Borógodó que não sei o que é, mas acho que adoro!
Que me desculpem as belas e as feias, mas borógodó
É o que eu quero beber!
Um viva ao borógodó!
Ave borógodó!
O Rei da África, a mãe da invenção, Magnum Opus,
Über Alles, o auê do caçarolê!
Borógodó é o que é, borógodó eu quero ter!

desconheço o autor

5 de abril de 2012

Bolo de chocolate 2 - Eduardo Baqueiro (Páscoa)

Hoje recebi aquele e-mail
que tanto desejava
Esperava a resposta daquele poema
Do bolo com chocolate
Já tinha perdido as esperanças
E o coração já estava calmo
A tempestade tinha terminado
E eu já me conformara com
seu silêncio
Mas aí, por cargas d'água,
recebo teu e-mail
E nele apenas uma palavra
como resposta
Talvez...
Então começou tudo de novo
O coração acelerou, voltou a agonia
E novamente aquela dúvida...
Porque esta indecisão,
porque este medo?
Peguei o telefone
Seu número já decorei mil vezes...
Ouvi tua voz suave como 
se me esperasse...
Apenas consegui dizer-te um oi
E o resto ficou preso na garganta
Ficou um silêncio eterno
Mas neste silêncio eu te ouvia
Assim como você me ouvia
Quando?
A hora que você quiser...
Agora...
Te espero...
Não se esqueça do bolo de chocolate
Com bastante cobertura...
De chocolate...


Feliz Páscoa!!!

2008-2011

Tanta gente chegou
Tanta gente partiu
Quase 3 anos
E eu ainda te amo.

...





Autor: Daiane Lopes

CFA

Ou me quer e vem, 
ou não me quer e não vem. 
Mas me diga logo pra que eu possa desocupar o coração. 
Avisei que não dou mais nenhum sinal de vida, e não darei. 
Não é mais possível. 
Não vou me alimentar de ilusões. Prefiro reconhecer com o máximo de tranquilidade possível que estou só do que ficar à mercê de visitas adiadas e encontros transferidos.
CFA


CASA, COMIDA E CAFÉ COADO ( Por isso eu nem faço café KKKKK)

“Por isso que esses moços de hoje não querem se casar. Essas moças de hoje não sabem coar um café”. E de repente, anos e anos de indagação se resolviam de uma forma simples e objetiva. Meu avô acabava de pronunciar a sábia frase que respondia a grande questão que assola o universo feminino. E, sabe de uma coisa? Se pararmos pra pensar, meu avô está certo.

Antigamente casamento tinha um outro sentido. Na época dos meus avós, casamento era pra sempre. A mulher parava de trabalhar, de estudar ou de fazer qualquer coisa que fosse, pra se casar e virar esposa. Não havia outro sentido pra vida que não fosse aquele. Ser mãe e esposa. E era por isso que os homens se casavam. Pra ter quem cuidasse da casa enquanto eles trabalhavam pra sustentar a família. A mulher ficava em casa “coando café” e cuidando dos filhos enquanto o marido saía. Pra trabalhar ou pra sei lá o que fosse.

Até que um belo dia, a mulher plantou o pé no saco de café e resolveu sair de casa pra trabalhar. E se fudeu. A mulher passou a ter que trabalhar, cuidar dos filhos, cuidar da casa. E coar o café.

Só que agora, o café é pra ela. O homem ficou meio perdido no meio dessa história. E o casamento como conhecíamos perdeu a razão de existir.

No fundo, bem lá no fundo, eu acredito que todo homem pensa que “Amélia é que era mulher de verdade”. E que a esposa ideal é aquela meio burrinha que acredita que a marca de batom na camisa é molho de tomate. Aquela que acha lindo quando ele diz que chegou às onze em casa porque estava numa reunião (mesmo não entendendo o cheiro de cerveja e perfume barato no sujeito). Um cidadão uma vez me disse que “mulher feliz é mulher ignorante”. É meio que isso. Aquelas tapadas que acreditam no molho de tomate na camisa.

Uns cinco ou seis anos atrás, li numa Veja uma pesquisa que dizia mais ou menos a mesma coisa. Que os casamentos que davam mais certo eram aqueles entre homens com QI mais alto com mulheres com QI mais baixo. Não só o QI, mas escolaridade, classe social e alguns quesitos do tipo contavam. Em resumo: casamento que dá certo é aquele em que um bonzão-fodão se casa com uma anta-tapada. Ou seja, um cidadão muito foderástico com uma topeira total tem chance de ficar anos e anos casados. Um cidadão foderástico com uma cidadã igualmente foderástica, as chances de dar certo são tipo nulas. Acontece que as antas e topeiras estão cada vez mais perto de entrar em extinção. E o casamento idem.

Existem ainda aquelas que se fazem de sonsas pra manter o casamento, mas de sonsa não têm nada. Não sei. Eu não teria tanto sangue frio. E acho que comigo não funcionaria. Ao primeiro sinal que me desagradasse, a casa ia cair. Nunca me imagino casada cuidando de filho enquanto meu marido passa o final de semana na rua. Sabe as chances disso? Nulas. Negativas. Zero. Tenho dó de quem vive isso. De verdade mesmo que tenho. Acho que ninguém consegue ser feliz assim.

O casamento feliz hoje tem um novo conceito. A mulher deixou de ser aquela que fica em casa coando o café e passou a ser companheira do homem. E nem todo homem entendeu isso ainda. A maioria ainda procura a Amélia. A ignorante feliz. Tenho um pouco de dó. Dos homens, claro. Porque eles estão procurando uma coisa difícil de se achar hoje em dia. Melhor comprarem um coador de café logo.

(Brena Braz)

1 de março de 2012

Vai passar...

"Vai passar, tu sabes que vai passar. Talvez não amanhã, mas dentro de uma semana, um mês ou dois, quem sabe? O verão está aí, haverá sol quase todos os dias, e sempre resta essa coisa chamada 'impulso vital'. Pois esse impulso ás vezes cruel, porque não permite que nenhuma dor insista por muito tempo, te empurrará quem sabe para o sol, para o mar, para uma nova estrada qualquer e, de repente, no meio de uma frase ou de um movimento te surpreenderás pensando algo assim como 'estou contente outra vez'"  

Caio F. Abreu
"Não sou cinderela mas vou estar feliz no final."



6 de fevereiro de 2012


"Não sou egoísta. Apenas valorizo a única pessoa do mundo em quem eu posso confiar: 
Eu mesma."

Gossip Girl





5 de fevereiro de 2012

Azarada, a Teresa viu sua chave
quebrar na porta.
Depois de um dia longo era tudo que não precisava

pois estava morta.

 
Quando o chaveiro chegou a Teresa ficou animada :
bonito, olhar firme, mãos fortes...
Quem diria, o estranho
deixou a moça excitada!





Terminou o trabalho, recebeu
e foi embora entr
egando-lhe um cartão.
A Teresa, assanhada,
ficou imaginando
como criar uma situação.

Dias depois fez a fechadura do quarto
emperrar de caso pensado.
Ligou para o chaveiro, sua presa, e o rapaz apareceu
sem saber o que ela havia preparado.



A Teresa o agarrou logo,
mostrando
que nem a cara tinha de trouxa :
queria que ele visse que ela também entendia de chave...


...de coxa.

(desconheço o autor)

31 de janeiro de 2012

Meu desejo



Sob o chuveiro, sabão e beijos
Quero te tocar e ser tocada por ti.
Meu peito apoiada nas tuas costas
A língua no pescoço, ao redor da nuca;
Teus músculos se retesaram
Ofertando uma parte de ti!
Quando vejo por uma nesga de camisa
A fluidez da beleza
É tão somente desejo escorregante
Que penetra em mim,
Tornando-me uma escrava
De corpo e alma.
Te desejando,
Pedacinho por pedacinho,
Percebo que a tua totalidade
Me escapa
Deixanda-me desesperada e faminta
De uma maneira quase servil.


Autor: (Anahí Raphael)

Mulheres Raras

"O brilhante é como a mulher...de brio... é raro.... mulheres das quais, a presença delas por si só e marcante, imponente sem precisar fazer esforço, naturalmente!!!"

Autor: (Cleci E Bling)