♥♥♥ αвєnçoαdα ρor Dєus є вonίтa ρor Naтurєzα!

Minha foto

Abençoada por Deus e bonita por natureza..!!!

27 de abril de 2011

Como, vai... você! ( Retirado do blog eu só queria tomar um café)

Como vai você? Não, não me interessa saber, mas ainda tenho um pouco de educação no estoque para gastar, até mesmo com pessoas como você. Sim, eu só não te trato como você merece porque a minha educação e o meu caráter não permitem.

Lembra dessa? Eu te disse que era a minha mãe que havia dito, mas, na verdade, essa frase é minha, eu criei pensando em dizer um dia para você. Agora, eu disse! Algumas vezes eu sonhei com cenas e frases de cinema para nós dois, mas nenhuma delas saiu do papel. A nossa história seria um filme ótimo para você criticar, sabia? Queria ler a sua sincera opinião ao nos ver na tela. Até hoje sinto que você não percebeu bem o que nos aconteceu... quem sabe assim... Eu adoraria isso, mas não tanto quanto eu adoraria poder voltar ao tempo e nunca ter te conhecido. Você é alguém cujo nome encabeça uma pequena lista de pessoas que eu adoraria não ter conhecido na vida. Mas fazer o quê se por bem ou por mal (por mal, acredite) essa minha vida se divide em antes e depois de você?

Outro dia eu vi uma foto, linda, perfeita, de vocês dois. Que coisa mais linda! Você se ama tanto que precisava literalmente de um clone? Quando alguém chama eu só queria saber: qual dos dois atende primeiro? É que são tantos, não é mesmo? Assim, deve ser mais fácil para você não esquecer o nome dele. Seria engraçado e romântico, caso não fosse patético. Quanta falta de criatividade, mas você, realmente, nunca foi bom nisso, devo admitir. E agora, o que pensa em fazer da vida? Vão casar, ter filhos, comprar o cachorro que você sempre quis, e morar em uma linda casa com vista para o mar?
O quê? Terminou? Ele te deixou? Acabou? Você está sofrendo? Um pausa para eu fingir que me importo... E, então, qual é a sensação de ter o seu coração partido, os seus sonhos dilacerados, o destino retirado do seu caminho sem ninguém te explicar o por quê? Descobriu como dói? Chorou por uma noite inteira? Ainda é pouco, diante do que passei, ainda é o mínino perto do que você me fez passar. Eu quero que ele te faça sofrer por dias, semanas e meses, quero que ele esfregue muitos e muitos outros na sua cara, quero que ele exiba ao mundo todo a felicidade que outras pessoas, e não você, dão a ele. Quero que você se sinta impotente, abandonado e um nada. E eu quero que depois ele volte arrependido, reconquiste sua confiança e faça pior do que antes. Só assim você vai chegar perto do que eu passei, só assim você vai saber como foi.

Por onde andam a minha nobreza e o meu perdão? Não sei, por que não procura no lugar em que você me abandonou e me deixou para trás enquanto escolhia a próxima vítima? Talvez, ainda esteja tudo lá, ao lado de um pouco de esperança e confiança nas pessoas que eu também perdi, por sua causa. Não quero que ninguém admire meu coração por não guardar mágoas de você, não, não quero, eu quero que eles saibam que eu sou real, eu quero que eles admirem a obra-prima que você criou. Eu não tenho mais medo de não ser admirado e devo isso a você, também. Veja bem esses traços, foram pintados por você, Picasso. Eu sei, ando mesmo amargo, no entanto, que culpa tenho eu se foi com ele que você gastou todo o açúcar?
Mas agora vai lá, vai atrás dele, implora para ele voltar e devolver sentido para a sua vida. Eu quero dançar no seu casamento, eu quero, por um momento, segurar o seu buquê. Eu quero te ver e saber, como vai você? Eu quero te ver, sabe? Como, vai... você! Mas, agora, não. Já tomei seu tempo demais, meu bem. Só te chamei aqui para te dizer que não te amo mais, que não sinto mais nada por você, nem raiva, nem ciúme, não ficaram mágoas, morreu tudo que eu sentia por você, e que eu te desejo toda a felicidade do mundo. 

Essa é a verdade, acredite: eu não amo e, muito menos, odeio você!


Autor Ruleandson do Carmo 

Nenhum comentário: